28 Janeiro 2021

Entretenimento

Galinhas e galos selvagens causam terror . Atacam a qualquer pessoa que se cruze no seu caminho

Foram abandonadas em 2008 e cada dia eram mais. Agora, com o fim da quarentena, os vizinhos saíram das suas casas e viram-se encurralados. A aldeia de Titirangi tem cerca de 4.000 habitantes, todos eles assustados e fechados em casa com medo destes animais.

Por mais ridículo que possa parecer, isto não é uma brincadeira. Para os vizinhos afectados, isto já é uma tragédia. Não sabem o que fazer, para onde ir em busca de ajuda. Atacar-lhes , seria uma estratégia terrível, porque as galinhas também são bastante ágeis. Estão desesperados. O que farias no lugar deles?

A situação ficou fora de controlo. Galos e galinhas selvagens causam terror no distrito de Titirangi, Auckland, Nova Zelândia. São considerados uma praga e atacam qualquer pessoa que se cruze no seu caminho. A origem remonta a 2008, quando muitos deles foram abandonados no campo. O tempo passou e eles cresceram em número. Agora, com a quarentena, eles multiplicaram-se exponencialmente e não toleram ninguém. Os vizinhos estão trancados e assustados. Já não sabem o que fazer.

Com o confinamento obrigatório (e absolutamente necessário), muitos animais aproveitaram-se da ausência humana, e caminharam livres pelas ruas das cidades.

Algo semelhante aconteceu com os vizinhos de um bairro em Auckland (Nova Zelândia), mas em maior escala. Quando o isolamento foi levantado, encontraram centenas de galos e galinhas que, como um polícia , os obrigaram a ficar em casa. Caso contrário, teriam uma boa bicada.

Mesmo os outros animais não são poupados. Estas aves provaram ser criaturas verdadeiramente selvagens, com uma ferocidade aterradora.

Aparentemente, os galos odeiam os humanos.

Greg Presland é o representante da comunidade que disse que este problema “ressuscitou velhas rixas e divisões na vizinhança. Ele próprio disse que tem “cerca de 15” destas aves acampadas a apenas 50 metros da sua casa.

Disse também que este problema é o resultado do abandono dos animais. Neste caso particular, tudo começou em 2008 e a partir daí cresceram sem qualquer controlo.

Tentaram encurralá-los, eliminá-los e até adoptá-los, mas nada parece funcionar. Agora iniciaram conversações para que uma empresa que trabalha com frangos assuma o controlo, mas muitos são contra.

Muitos já odeiam estas aves, pois dizem que se parece com uma situação “de uma novela de Stephen King”.

%d bloggers like this: