26 Outubro 2020

Entretenimento

Pablo Alborán: “Quero dizer-vos que sou homossexual e que a vida continua igual”.

Pablo Alborán:Tenho algo a dizer-vos

Com um “Olá família, olá a todos”, o cantor Pablo Alborán dirigiu-se a todos os seus fãs e amigos através das redes sociais com um vídeo de pouco mais de três minutos para “contar-vos algo muito pessoal”.

Uma confissão que surge por o estranho momento em que vivemos, em que por vezes “esquecemos aquele amor que nos une, que nos torna mais fortes… e melhores”. E desse amor, explica o cantor Espanhol de Málaga, “estou aqui para vos dizer que sou homossexual, que não há problema e que a vida continua igual”.

Como explicou Alborán, a razão pela qual quis dizer é que “preciso de ser um pouco mais feliz do que já era”. Ele garante que na sua família sempre se sentiu livre para amar quem quiser e dedicar-se ao que quiser “Senti-me apoiado e acompanhado quando se trata de realizar cada um dos meus sonhos”.

https://www.instagram.com/tv/CBiNdEEo1pz/?utm_source=ig_embed

Pablo Alborán acrescenta que, com os seus amigos e com a sua editora Warner, nunca se sentiu discriminado, mas está consciente de que nem todos tiveram o mesmo destino que ele e espera que, com o seu testemunho, possa facilitar o caminho àqueles que sofreram discriminação ou rejeição devido à sua condição sexual, mas diz que, acima de tudo, fez esta confissão por ele mesmo.


“Preciso de ser um pouco mais feliz do que já era”


“Todos nos sentimos estranhos, repensamos a vida, o trabalho… O que nos faz felizes e o que não faz. Creio que em muitas ocasiões esquecemos o amor que nos une, o amor que nos torna mais fortes e melhores. E hoje, desde esse amor, gostaria de vos dizer algo muito pessoal”, explicou o cantor de 31 anos num vídeo que está a gerar muitas reações nas redes sociais.

“Sempre lutei contra qualquer expressão que vá contra qualquer liberdade ou igualdade, desde o racismo, xenofobia, machismo, transfobia, homofobia… qualquer tipo de ódio, e hoje quero que o meu grito se torne um pouco mais alto e tenha mais valor e peso”, diz Alborán para justificar a decisão de fazer um vídeo para falar da sua sexualidade.

Seja como seja,  o cantor de ‘Perdóname‘, canção em dueto com a portuguesa Carminho tornou-se um dos nomes do dia ao reconhecer a sua homossexualidade.

Ajuda-nos a ficar ao teu lado compartilhando 

%d bloggers like this: