8 Julho 2020

Entretenimento

Um empregado recusa-se a servir um cliente sem máscara e recebe 80.000 euros em gorjetas

Recebeu 80.000 euros em Gorjetas por recusar atender uma cliente que não tinha máscara.

A mulher publicou um post a criticá-lo e todos se viraram contra ela


Um empregado de mesa em San Diego, Califórnia, não podia imaginar que por recusar atender uma cliente que não estava a usar uma máscara frente ao coronavírus se traduzisse em 80.000 euros em gorjetas.

Lenin Gutierrez, empregado de uma loja da Starbucks nos EUA, disse a uma cliente que não estava a usar máscara e que a norma era colocá-la antes de entrar. A mulher recusou. Zangada, tirou uma fotografia do empregado e colocou-a no Facebook.

“Conheça Lenine de Starbucks, que se recusou a servir-me porque eu não tinha máscara. Da próxima vez espero pela polícia e trago um atestado médico”,diz o post da cliente Amber Lynn Gilles

Talvez ela pensasse que as pessoas a apoiariam. Nada poderia estar mais longe da verdade. As pessoas ficaram da parte de Lenine. Tanto assim que um vizinho em San Diego, Matt Cowan, teve a brilhante ideia de criar uma página de angariação de fundos para o empregado e recompensar a sua atitude.
Assim angariou quase 80.000 euros. Lenine explicou à CNN que espera utilizar parte do dinheiro para o seu sonho de se tornar um bailarino.

%d bloggers like this: